‘Escolho manter meu coração livre de amargura’, diz esposa de pastor após adultério

0
49

A esposa do pastor Carl Lentz, Laura, se manifestou publicamente pela primeira vez sobre a crise no casamento e a demissão do marido de sua função à frente da Hillsong em Nova York em novembro passado.

Laura publicou uma foto de palmeiras e usou as árvores para descrever reflexões que fez enquanto atravessava momentos de turbulência nos últimos meses. A legenda no Instagram aprofundou um pouco mais seu raciocínio sobre o simbolismo particular que as palmeiras agora representam para ela.

“Elas são fortes, podem suportar as maiores tempestades, elas sempre crescem para cima”, escreveu ela, equiparando esses fatos a “liberdade, justiça, recompensa, ressurreição”.

“Eu tirei um tempo longe da mídia social porque não era bom para minha alma. Eu bloqueei e excluí mais pessoas e comentários do que posso contar”, acrescentou a esposa do pastor, dando uma dimensão da repercussão que teve que enfrentar após seu marido admitir que havia cometido adultério.

Laura e Carl Lentz foram o foco de muitas manchetes em todo o mundo após sua confissão e consequente demissão do cargo à frente da Hillsong na maior cidade do mundo. A atenção sobre sua família trouxe momentos de tensão.

De acordo com informações do portal The Christian Post, Laura afirmou que muitas pessoas que foram à sua página para comentar a crise familiar foram “covardes”, e disparou: “Alguns ‘cristãos’ são tudo menos gentis, graciosos ou amorosos… mas isso não vai me impedir de crescer e ficar mais forte”.

“Aprendi muito sobre mim nos últimos meses. agora, mais do que nunca, conheço a bondade de Deus, Sua graça, perdão e força. Eu encontrei amizades verdadeiras – aqueles que estiveram comigo no topo das montanhas são os mesmos que estão comigo durante meu vale mais escuro!”, continuou a esposa do pastor.

Abandono

Carl Lentz, que chegou a liderar todas as congregações da Hillsong Church na costa leste dos Estados Unidos, costumava ser considerado um “pastor celebridade”, sempre benquisto na grande mídia.

Seus amigos e frequentadores incluíam famosos como Justin e Hailey Bieber, Kevin Durant, Selena Gomez, Kylie Jenner, entre outros. Ele foi responsável, por exemplo, por batizar o cantor Justin Bieber na banheira da casa do jogador de basquete Tyson Chandler, que à época era atleta do New York Knicks

Entretanto, após o escândalo, Justin Bieber se distanciou publicamente da Hillsong, dizendo que ele nunca havia sido um membro da igreja e que seu pastor sempre foi Judah Smith, líder da Churchome.

Diante desse contexto, a publicação de Laura Lentz pontuou: “Não esquecerei quem nos abandonou, mas escolho manter meu coração livre de amargura e agradecer por aqueles que permaneceram e nos amaram. Não quero julgar os outros nem quero ser julgada”.

Ao final, disse como espera que as pessoas lembrem desse episódio: “Uma coisa que um amigo me disse nessa época foi ‘prefiro ser acusado de ser muito gracioso com alguém do que ser acusado de julgar alguém com muita severidade’. Quero ser conhecida como uma mulher que vê o lado bom das pessoas e realmente ama as pessoas incondicionalmente”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here