Pandemia: apenas 14% dos brasileiros vão aos cultos presencialmente, diz pesquisa

0
174

A pandemia do novo coronavírus tem causado múltiplos prejuízos à população, não apenas econômicos e de saúde, mas também emocional. Um levantamento feito pelo PoderData, do grupo Bandeirantes, revelou por exemplo que apenas 14% das pessoas estão indo aos cultos presenciais.

Em contrapartida, 41% das pessoas que acreditam em Deus – ou em um Ser superior – estão acompanhando as cerimônias religiosas online, pela internet, enquanto 30% do total pesquisado está cultuando em casa.

Os números são reflexos do período de pandemia do novo coronavírus, onde às igrejas foram obrigadas a fechar suas portas devido ao risco de contaminação. Mesmo após meses de isolamento e redução do número de contaminação e óbitos por causa da doença, muitas igrejas ainda permanecem fechadas ou com restrição de atividades.

A maioria dos templos voltou a funcionar, mas com limitação de público em um terço. As denominações que possuem um grande número de fiéis estão fazendo rodízio em horários diferentes de funcionamento, assim como adotando medidas de proteção, como o distanciamento mínimo entre os assentos, uso de máscara e álcool em gel.

Apesar das dificuldades impostas pela pandemia ao funcionamento das igrejas, a maioria da população permanece ligada à fé em Deus, visto que apenas 3% desse público diz não acreditar no Criador, ou seja, que são ateus.

Um dado importante é a informação de que a maioria que disse acompanhar os cultos online são jovens, cerca de 57% do total de entrevistados. Esse fato também pode indicar a maior facilidade da juventude com relação ao uso de dispositivos eletrônicos.

Por fim, o instituto do grupo Bandeirantes informou que “os dados foram coletados de 12 a 14 de outubro, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 503 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here