Inspirados na ‘profecia bíblica’, cristãos sul-coreanos ajudam judeus a voltar para Israel

0
76

Os cristãos na Coreia do Sul estão trabalhando para ajudar a levar os judeus exilados de volta à Terra Santa.

A organização cristã coreana One New Man Family fez uma doação de US$ 1 milhão (equivalente a quase R$ 5,6 milhões no câmbio atual) para a ajudar centenas de judeus a fazerem a “aliyah”, ou seja, imigrar para Israel. O retorno de judeus é feito através da Agência Judaica para Israel.

Os cristãos conseguiram atingir a meta de doações apesar da pandemia global do coronavírus. “Tempos difíceis também trazem oportunidades para construir pontes”, disse o presidente da One New Man Family, o pastor Eun Soo Seol.

“Através das nossas ações, estamos expressando nosso amor pelo povo judeu e fazendo uma parceria com Deus no cumprimento da profecia bíblica, que promete o retorno dos judeus exilados à Terra Santa dos ​​quatro cantos da terra”, disse Seol.

A Agência Judaica para Israel agradeceu aos cristãos sul-coreanos por seu apoio.

“Encontrar formas de envolver os cristãos coreanos no apoio a Israel é uma honra para mim”, disse Dvora Ganani-Elad, da Agência Judaica para Israel.

Cristãos da Coreia do Sul ajudam judeus no processo de aliyah em Israel. (Foto: One New Man Family)

“Os cristãos coreanos são pessoas bonitas por dentro e por fora. Muitos dos 10 milhões de cristãos na Coreia do Sul veem seu apoio a Israel como mais do que apenas uma escolha moral, mas um mandato bíblico. Somos muito gratos por seu apoio generoso e amizade”, ela continuou.

A imigração judaica para Israel continua, apesar do avanço da Covid-19. A expectativa da Agência Judaica para Israel é que, nos próximos cinco anos, pelo menos 250 mil judeus façam a aliyah.

“Precisamos trabalhar junto com o governo de Israel para construir um plano especial que os ajudará a fazer aliyah”, disse Shay Felber, diretor de Aliyah e Absorção da Agência Judaica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here