Milhares de cristãos vão a Jerusalém para celebrar a Festa dos Tabernáculos

0
627

Israel está celebrando a festa bíblica de Sucot, também conhecida como Festa dos Tabernáculos, com a participação de milhares de cristãos de todo o mundo. A celebração teve início no último domingo (23) e tem a duração de uma semana, se encerrando no próximo domingo (30).

Sucot relembra os 40 anos de êxodo dos hebreus no deserto após a sua saída do Egito, a gratidão a Deus pelas colheitas da estação e o retorno do Messias. Para os cristãos, a Festa dos Tabernáculos é a de maior significado profético.

Este ano, mais de 5 mil cristãos de quase 100 países estão reunidos em Jerusalém para celebrar a festa bíblica através de uma iniciativa da da Embaixada Cristã Internacional de Jerusalém (ICEJ, na sigla em inglês).

“Eles estão seguindo o convite de Zacarias 14, que predisse que todas as nações viriam celebrar esta festa bíblica em Jerusalém, para adorar o Senhor e guardar a Festa dos Tabernáculos. Nós estamos fazendo uma declaração de fé de que está chegando o dia em que o Messias virá governar aqui”, disse David Parsons, vice-presidente do ICEJ, à CBN News.

A Festa dos Tabernáculos tem um significado profético sobre a vinda do Messias, conforme a profecia de Zacarias 14:16-21 citada por Parsons, que diz: “Todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano, para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, e para celebrar a Festa dos Tabernáculos”.

Além disso, a Festa dos Tabernáculos fala sobre a alegria do Messias tabernaculando em nosso meio, conforme dito em João 1:14: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade”. A palavra “habitou” no grego é “Skeneseii” e significa “tabernaculou”.


Brasileiros também estiveram na 38ª Festa Anual dos Tabernáculos da ICEJ. (Foto: CBN News/Jonathan Goff)

Parsons observa que os israelenses têm muitos motivos para celebrarem a Deus. “Israel agora tem 70 anos como um Estado renascido e há muito para comemorar. A nação superou muitas guerras, ataques terroristas, foguetes, boicotes econômicos e outras tentativas de ser estrangulada”, declarou

Foto, CBN News, Jonathan Goff

Este ano, mais de 5.000 cristãos de quase 100 países estão aqui para a celebração de uma semana. 
Eles vieram para adorar o Deus de Israel e ficar com o Seu povo. 

“Eu sei que vai ser uma experiência de mudança de vida”, disse Charity, uma jovem de Vermont, que 

está aqui pela primeira vez. “Eu amo Israel e acho que é uma época em que as coisas vão mudar 
e é muito profético e fazer parte de poder retribuir às pessoas que nos deram. “

Foto, CBN Notícias, Jonathan Goff

Ludy Capuyan, é um cuidador filipino aqui em Israel. Ela e suas amigas, também das Filipinas e 
também cuidadores aqui, todos vieram para a festa. 

“É ótimo. Faz parte das palavras proféticas da Bíblia”, disse Capuyan. 

“Eu vim porque amo Israel e quero ver as profecias cumpridas”, disse Ray Landis, pela primeira vez 

visitante de Vermont, EUA. “Acabamos de estudar as coisas da Bíblia e fala sobre como 
Jerusalém será restaurada e Israel será restaurado e nós queremos fazer parte disso. Está 
incrível “, disse Landis, que espera estar de volta.
COM INFORMAÇÕES DE GUIAME, CBN News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here