Presbítero perdoa o assassino do próprio filho: “Que Deus possa transformá-lo”

0
105

Uma situação trágica envolvendo muito sofrimento familiar se transformou em um grande exemplo de atitude cristã, após o pai de um jovem que foi covardemente assassinado resolver perdoar o assassino do seu filho.

Herick Costa Nunes, de 21 anos, foi assassinado na noite da última sexta-feira (07), após uma confusão numa feira gastronômica realizada em Ponta da Fruta, Vila Velha, no estado do Espírito Santo.

Segundo informações de testemunhas que estavam no local no momento do incidente, o rapaz esbarrou na esposa de um ambulante que vendia batatinhas na feira. O homem identificado como Ivanildo Santos da Cruz, de 39 anos, viu a cena e reagiu de forma violenta.

O assassino estaria portando uma arma de fogo. Ainda segundo testemunhas, Ivanildo teria sacado o revólver e disparado três tiros contra Herick, que caiu no local, chamando por seu pai, o presbítero Alex Sandro, de 49 anos.

Deus, me perdoa! Me perdoa, Deus… Vou morrer! Cadê o meu pai?”, disse o rapaz já baleado pelo assassino, poucos minutos antes de vir a óbito, segundo relatos do pai da vítima.

Questionado sobre a morte do filho, Alex Sandro, que é presbítero na Igreja Assembleia de Deus, Ministério Nova Vida, também em Ponta da Fruta, disse que já havia perdoado o assassino.

”A gente já sabe o que aconteceu e a gente perdoa essa pessoa. O que a gente espera é que essa pessoa se recupere, que Deus possa transformá-la e que a sua família não sofra como a gente”, disse o presbítero, se referindo ao assassino.

Alex lembrou dos ensinamentos de Jesus Cristo e disse que não faz sentido professar a fé cristã sem praticá-los.

“Mesmo que ele tenha apertado o gatilho para matar o meu filho, desejo que a família dele não sofra a perda que nós sofremos. Não se paga o mal com mal. Se não tiver amor no coração, não adianta nada nessa vida”, disse ele, segundo a Gazeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here