Somos abençoados e devemos ser bênção, diz igreja que pagou dívida de 34 universitários

0
33

Igreja Batista de Alfred Street, em Alexandria, Virgínia, decidiu liquidar a dívida de 34 estudantes da Universidade Howard que poderiam perder a oportunidade de se formar. O critério seguido pela instituição para apontar os alunos que seriam beneficiados foi a nota que eles apresentavam e o tempo de faculdade, além da necessidade financeira.

“A universidade escolheu estudantes em tempo integral com uma média de notas de 2,0 ou mais que demonstrassem uma necessidade financeira significativa, com saldos de 100 dólares a mais de US $ 3.000 dólares”, disse Crystal Brown, vice-presidente de comunicações da Howard.

O reverendo Howard-John Wesley, o pastor da igreja, disse que espera que o presente inspire outras igrejas a contribuírem para suas HBCUs locais – através de doações financeiras, empregos ou orientação.

“Somos abençoados e acreditamos que, quando você for abençoado, você deve ser uma bênção para os outros”, disse Wesley. “Esses 34 estudantes vão mudar o mundo e estamos felizes em fazer parte do currículo deles”.

Uma das estudantes beneficiadas foi Mya Thompson, uma veterana de 25 anos da Howard que devia cerca 2,5 mil dólares em mensalidades. Mas, graças à doação da igreja, ela e outros 33 alunos de Howard não precisam se preocupar mais com a dívida.

A aluna tem uma rotina puxada. Mya tem aula das 10h às 19h, com tempo suficiente apenas para pegar seu filho Ma’Khi, de seis anos de idade, na escola e comer antes do turno da noite como despachante para os serviços de emergência do Distrito de Colúmbia. Ela tem que escolher entre comer, dormir ou estudar durante seus intervalos limitados.

Ela chega em casa antes do amanhecer, entre 5h e 6h, dependendo de como o trabalho está ocupado, e dorme por algumas horas antes de repetir a rotina.

Mya corria o risco de não se formar e não sabia como seria capaz de pagar sua dívida. Mas na semana passada, um “milagre” aconteceu, quando soube que sua dívida seria quitada pela igreja.

Atitude espiritual

Durante um jejum de 30 dias que envolvia limitar o consumo de comida, mídia social e dinheiro, pediu-se aos membros da igreja que se abstivessem de compras desnecessárias e, no final do mês, considerassem doar o dinheiro que haviam guardado para uma causa de caridade.

Os participantes não sabiam quem seria beneficiado por sua generosidade, mas os líderes da igreja prometeram escolher uma causa digna.

O reverendo Marc Lavarin disse que a ideia de doar para Howard, entre as principais faculdades e universidades historicamente negras do país, conhecidas como HBCUs chegou a ele durante a oração.

“Eu pensei: ‘Que melhor maneira de comemorar o Mês da História Negra do que investir nos heróis jovens e negros da HBCUs?’”, ele disse.

A Igreja Batista Alfred Street tem um relacionamento de longa data com HBCUs. Cerca de 60% de seus fiéis frequentam a instituição, e a igreja organiza um festival para os futuros alunos da instituição todos os anos.

Além do presente para Howard, a igreja doou 50 mil dólares para o Bennett College, na Carolina do Norte, uma das duas faculdades e universidades historicamente negras que só mantinham mulheres. A escola corria o risco de perder credenciamento.

Mais de 4.000 membros da igreja contribuíram para os 100 mil dólares concedidos para quitar a dívida dos estudantes de Howard. Em 31 de janeiro, eles receberam um e-mail do Escritório de Assistência Financeira dizendo que uma “oportunidade especial de ajuda financeira” os aguardava.

Quando chegaram ao prédio, uma equipe de filmagem os esperava. Os pastores e funcionários da Igreja se juntaram ao Escritório de Assistência Financeira para receber os alunos. Eles fizeram um vídeo com respostas dos alunos para mostrar aos membros da congregação que os ajudaram.

Perrye Rollins, de 22 anos, recebeu 8.000 da igreja e disse que ainda está em estado de alerta e se sentindo grata.

“Agora, eu posso me concentrar na escola, meu objetivo é tirar 4,0 para este semestre, e com este presente agora posso colocar toda a minha energia nos estudos e não me preocupar em pagar contas para me formar”, disse ela.

Rollins contava com ajuda financeira e assistência de familiares e amigos para pagar suas mensalidades, mas “há sempre uma lacuna” entre a ajuda que ela recebe e o que ela deve à universidade, disse ela.

Dívida estudantil

Milhões de estudantes lutam com dívidas nos Estados Unidos. De acordo com o site de finanças pessoais Make Lemonade, mais de 44 milhões de devem 1,5 trilhão de dólares em dívidas de empréstimos estudantis nos EUA.

Na Universidade Howard, cerca de 95% da população estudantil – que soma 8.616 – recebe ajuda financeira. Pagar a mensalidade de graduação de 24.966 dólares anuais é uma “grande questão para muitos de nossos alunos”, disse Rollins.

Mya Thompson disse que ela está aliviada e agradecida pela generosidade da Igreja Batista de Alfred Street. “Eles tiraram um enorme peso dos meus ombros”, disse ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here