Após denúncias, cantores gospel cancelam participação em evento de seita

0
422

Após uma série de denúncias nos últimos  dias, O “Festival Família 2018”, que ocorrerá no Allianz Parque (SP) dia 4 de agosto, não terá mais as participações de Priscilla Alcântara, Aline Barros e André Valadão.

Três dos quatro nomes que fariam apresentações no evento promovido pela Igreja da Unificação, uma seita coreana fundada pelo Reverendo Moon, usaram as redes sociais para explicar a desistência. Apenas Thalles Roberto ainda não se pronunciou.

Moon dizia ser uma reencarnação de Jesus e que estaria na terra para “terminar a sua obra”. No passado, a Igreja da Unificação já procurou aproximação com segmentos evangélicos. Em 2011, realizou um evento no Brasil e se aproximou de lideranças da Assembleia de Deus Ministério Madureira.

Essa nova investida, com a contratação de nomes conhecidos do meio gospel, fez soar o alarme entre vários pastores. Ontem, o pastor Silas Malafaia foi contundente no vídeo que divulgou, pedindo que os cantores anunciados não participassem.

Através de seus perfis nas redes sociais ele anunciaram sua desistência, mas não mencionaram as denúncias.

Veja abaixo na íntegra:

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here