Polícia prende pastor que anunciou “profecia” contra governador

0
70

Policiais do Estado de Imo, Nigéria, prenderam um pastor da Assembleia de Deus em Owerri, por ter profetizado contra o governador do estado, Rochas Okorocha.

Segundo a polícia o pastor Chukwuma Okezuo havia “ameaçado” o governador durante o culto na igreja no último domingo. Em determinado momento, o líder da igreja disse diante dos presentes que o governador estava sequestrando crianças entre zero e 10 anos para realizar rituais de magia. O objetivo seria fortalecer suas chances na eleição de 2019.

Para a polícia, a “falsa profecia” poderia “causar pânico” no estado. Andrew Enwerem, o porta-voz da polícia, afirmou: “Apresento a vocês um pastor conhecido, Chukwuma Okezuo, da Igreja Assembleia de Deus. Ele foi preso durante o culto no último domingo em Owaelu Urratta por falsas profecias contra a pessoa do governador do estado de Imo, Rochas Okorocha”.

Acrescentou ainda que “esta falsa profecia é muito maliciosa e capaz de causar rancor, pânico, ansiedade e desintegrar o estado. Os líderes religiosos devem estar atentos às coisas que dizem. Vamos levar o suspeito ao tribunal onde responderá uma ação judicial”.

Por sua vez, o pastor Okezuo, 40 anos, justifica que só pediu à congregação para orar contra a “manipulações espirituais” no estado, algo que estava “vendo”, mas não teria mencionado o nome do governador, que sentiu-se atingido. Com informações Today

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here