Pastor da Assembleia de Deus é expulso de igreja pelos fiéis

0
8

A Assembleia de Deus em Governador Valadares, Minas Gerais, vem testemunhando uma batalha jurídica nos últimos dois anos. Problemas sérios no uso do dinheiro advindo de dízimos e ofertas por parte da liderança dividiram a igreja e culminaram na expulsão do pastor durante o culto nesse domingo (10).

Imagens gravadas no templo mostram uma manifestação dentro da igreja, onde os fiéis expulsaram o líder religioso do local. Enquanto um pequeno grupo apoiava Salatiel Fidelis, de 88 anos, a maioria dizia: “A igreja não quer mais”.

O pastor tentava voltar à presidência da igreja, após ter conseguido uma decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais em seu favor. O conselho havia afastado Fidelis após constatar irregularidades nas contas quando houve uma mudança de diretoria.

Entre as irregularidades estaria a compra de cerveja e o pagamento da taxa do condomínio onde moram com dinheiro do Núcleo de Desenvolvimento Social, que era presidido por ele.

Com mais de 50 anos de ministério, a polêmica envolvendo Salatiel Fidelis se arrasta desde janeiro de 2016, quando começou a polêmica disputa pela presidência da igreja. Em outras ocasiões ele se agarrou ao púlpito dizendo que não sairia e foi gravado esbravejando contra um grupo de fiéis.

O jornalista Mauro Lúcio divulgou a reunião ao vivo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here