Casal evangélico ora por vítima fatal de acidente de carro no RJ e jovem ressuscita

0
26

A oração em nome de Jesus é capaz de operar milagres, segundo Marcos 16. E o relato de um pastor sobre a ressurreição de um jovem após um acidente de trânsito se encaixa nessa situação.

O pastor Ed Rocha, da igreja Movimento Píer 49, usou sua página no Facebook para contar o testemunho de uma experiência vivida por um casal frequentador da denominação. Willian Moliari Júnior e sua esposa, Jessica, oraram por um rapaz que já estava sem sinais vitais e havia sido declarado morto pelos paramédicos, e ele voltou à vida.

“[Eles] estavam dirigindo na cidade [Nova Friburgo] quando viram um carro virado de cabeça para baixo na beira da estrada. As rodas ainda estavam girando e o motor ainda estava funcionando quando chegaram lá. A fumaça ainda saía debaixo do capô. A cabine foi completamente destruída. Willian e Jessica foram os primeiros a chegar ao local”, narrou Rocha.

Segundo Willian, ao ver aquela cena, lembrou-se das palavras de Ed Rocha, de que é preciso ter ousadia para orar ao se deparar com um acidente de trânsito, assim como fazer um clamor em um funeral. “Desde 2015 tenho encorajado a igreja a orar pelos mortos e tornou-se parte da nossa cultura para orar por [vida aos] mortos em funerais e acidentes de carro”, confirmou o pastor.

“Willian disse que quando se ajoelhou e olhou dentro dos destroços viu dois homens sob o metal distorcido. Um era um senhor mais velho que estava tentando sair e parecia muito angustiado e agitado. O outro era um jovem aparentemente inconsciente”, acrescentou Rocha, em seu relato.

Em choque, o homem mais velho notou que o sobrinho havia morrido e passou a se desesperar. Willian, então, tentou acalmá-lo, sem sucesso. Dessa forma, ele foi checar se haviam sinais vitais no jovem, mas chegou à conclusão de que ele havia morrido.

“O Senhor mais velho, percebendo que seu sobrinho tinha morrido, arrastou-se para fora do carro gritando ainda mais alto ‘Oh, não, meu sobrinho, oh Deus, não! Não o meu sobrinho!’. Willian disse-lhe: ‘Senhor, Jesus está aqui conosco, não perca a esperança, tenha fé!’”, escreveu Rocha em sua página.

“Os paramédicos finalmente chegaram e disseram-lhe para se afastar do corpo. ‘A essa altura, fiquei impressionado com esta santa indignação’, disse Willian. ‘Perguntei ao cavalheiro qual era o nome do seu sobrinho. ‘Vinícius’, ele respondeu. Olhei para o cadáver do seu sobrinho e me peguei gritando: ‘Vinícius, em nome de Jesus, venha de volta à vida! Gritei a mesma frase mais alto e mais alto três vezes. De repente, após a terceira vez, o jovem inalou e abriu os olhos’”, contou o pastor, narrando o relato do membro de sua igreja.

De acordo com Rocha, o jovem teria aberto os olhos “horrorizado” e relatou ter sentido um ambiente opressor: “Estava num lugar desesperadamente escuro, fiquei horrorizado, sentia o mal à minha volta, mas depois ouvi sua voz a me chamando e a segui. Você me trouxe para fora da escuridão!”, disse o jovem a Willian.

Os dois feridos no acidente foram retirados do veículo e levados a um hospital, onde receberam tratamento. À família, o jovem contou que “estava morto”, e posteriormente, por um aplicativo de troca de mensagens, ele agradeceu a oração feita por Willian.

“O tio teve de voltar ao hospital devido a hemorragia interna, mas o jovem está muito bem. Sua família, incluindo seu tio, ficou chocada e perplexa com o relato do que aconteceu naquela noite. Sua mãe está surpresa com a súbita transformação do filho. ‘Ele é um rapaz diferente agora. Ele é mais pacífico e cheio de amor e alegria. Tudo o que ele fala agora é Deus e o céu’, disse a sua mãe. Como resultado da ressurreição de Vinicius, toda sua família entregou suas vidas a Jesus”, acrescentou o pastor Ed Rocha.

Ao final do testemunho, o pastor pediu que os fiéis continuem a “construir uma cultura de avivamento nas igrejas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here