Superman: DC Comics estabelece que o personagem acredita em Deus

homemdeaco

Superman acredita em Deus? Os escritores responsáveis pela atual linha de quadrinhos abordaram essa questão na edição mais recente da revista e deixou claro que o personagem extraterrestre crê na existência de Deus.

Na edição 41 da revista Superman, o roteirista James Robinson apresentou o super-herói discutindo sua crença em Deus com seu filho, Jonathan (Jon). No meio da iminente destruição da Terra, semelhante à de Krypton (planeta natal do herói), o menino fez uma pergunta direta a seu pai, replicando uma dúvida de muitos fãs ao longo das últimas décadas: “o Superman acredita em Deus?”.

“Honestamente, Jon, eu já vi muito para não acreditar em ‘algo’. Mas esta é a parte importante… ‘Algo’ não é ‘tudo’”, afirmou o personagem, dando a entender que sua crença não seria em uma força abstrata ou todas as divindades das mais diversas religiões.

A conversa implicava que Superman, que lutou contra muitos deuses e seres inexplicados através de universos diferentes, ainda acredita que ainda há algo por trás de tudo isso, apesar de suas experiências, de acordo com informações do portal Christian Daily.

Esta história, no entanto, não foi a primeira vez que a fé de Superman foi abordada na série de quadrinhos. Foi sugerido em outras questões, bem como nas iterações do filme, que o Superman aceita crenças e inclinações religiosas.

Na história do personagem, o alter ego humano de Superman, Clark Kent, cresceu em uma família metodista em Smallville, Kansas, com seus pais adotivos Martha e Jonathan Kent. Durante a infância, ele frequentava regularmente os cultos com sua mãe, conforme estabelecido em uma edição lançada em 2007.

Já adulto, Clark decidiu parar de ir à igreja porque ele estava muito consciente dos problemas das pessoas e suas mentiras, no entanto ele se casou com Lois Lane em uma cerimônia da igreja.

No filme O Homem de Aço (2013), Superman, como Clark, foi exibido entrando em uma igreja durante um dos momentos mais difíceis, depois da morte de seu pai e enquanto lutava com seu propósito real. Ele também procurou conselhos e esclarecimentos de um sacerdote sobre o que fazer a respeito da crise que se instalava na cidade fictícia de Metropolis.

No entanto, a afirmação explícita sobre a crença em Deus nunca havia acontecido em nenhuma outra revista em quadrinhos do personagem, que foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster, ambos judeus, que inseriram referências bíblicas na estória de origem do personagem.

Uma delas está no motivo de seu envio à Terra. Os pais biológicos do personagem o colocaram em uma nave para livrá-lo da morte enquanto Kripton entrava em colapso, da mesma forma que a mãe de Moisés ordenou que o bebê fosse colocado em um cesto, no rio, para ser encontrado pela filha do faraó e escapar da execução dos bebês do sexo masculino entre hebreus.

“A relação entre Jesus Cristo e Superman não foi inventada por nós. Existe desde a criação do personagem. Mas é uma dessas coisas que desapareceram nas últimas décadas… Eu achei que deveríamos voltar a falar dessa mitologia e da importância desse personagem e sua relevância para o momento”, explicou o cineasta Zack Snyder, em 2013, durante o lançamento de O Homem de Aço.

O diretor afirmou que as origens do personagem possuem claras alusões ao Velho e Novo Testamento: “A mitologia da história estabelece um paralelo interessante com a história de Cristo, dando uma camada de interesse extra ao filme. Filosofia, religião, respeito aos quadrinhos, tudo isso nos interessou”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *