Cabo Daciolo diz que bancada evangélica é sua “maior decepção” e pede pra sair: “Falta compromisso”

2015-801697437-2015032385194.jpg_20150323

O deputado federal Cabo Daciolo (Avante-RJ) anunciou sua saída da bancada evangélica na Câmara dos Deputados por considerar-se decepcionado com a forma como os representantes evangélicos fazem política no Congresso.

Na última terça-feira, 08 de agosto, Daciolo publicou um vídeo falando que havia solicitado ao presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Hidekazu Takayama (PSC-PR), que retirasse seu nome da lista de integrantes do grupo, por considerar que foi nessa convivência que teve a “maior decepção” de seu mandato.

“O Brasil tem solução! Qual a solução? É o Senhor dos Exércitos, é clamar ao Senhor dos Exércitos. Congresso Nacional? Uma verdadeira quadrilha, uma grande quadrilha”, afirmou o deputado, já conhecido por sua postura extremamente religiosa e declarações contundentes no Plenário da Câmara.

Em uma pergunta a si mesmo, diz: “‘Maior decepção, Daciolo?’ Bancada evangélica! Minha maior decepção”, afirmou. “Eu quero dizer a todos que eu solicitei ao atual presidente da bancada evangélica que retirasse meu nome dessa bancada. ‘Por quê, Daciolo?’ Falta de compromisso. Alianças, atitudes… não condiz [sic] com homens e mulheres de Deus”.

O parlamentar ressalvou que “existem excessões”, mas essas seriam “raras”, e exemplificou citando a postura de grande parte dos deputados da bancada evangélica que votaram a favor da suspensão da investigação contra o presidente Michel Temer (PMDB).

“Não podemos fazer aliança com o mundo e eu não vou compactuar com isso. Não faço parte desse grupo”, declarou o parlamentar, eleito em 2014 pelo PSOL e posteriormente filiado ao PTdoB, que acaba de definir sua mudança de nome para Avante. Assista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *