Monthly Archives: maio 2017

Citado em delação da JBS, pastor Silas Malafaia nega envolvimento com escândalo: “Virei o cara”

pastor-silas-malafaia-delacao-da-jbs

A delação da JBS causou um redemoinho na política nacional e reservou ao pastor Silas Malafaia um novo constrangimento: um advogado da empresa o citou durante depoimentos à Procuradoria Geral da República. Francisco de Assis e Silva, que atua na defesa dos irmãos Joesley e Wesley Batista, disse em seu depoimento, que o pastor da Assembleia

Perplexo com denúncias contra Aécio Neves, André Valadão desabafa: “Confiar em quem?”

aecio-neves-andre-valadao-eleicoes-2014

A polarização da disputa durante o segundo turno das eleições presidenciais de 2014 levou muitos líderes evangélicos a se posicionarem a favor do voto em Aécio Neves (PSDB-MG), que representava uma saída oposta ao projeto de governo do Partido dos Trabalhadores e a então presidente Dilma Rousseff. Um desses líderes foi o pastor e cantor

Missionária denuncia: “Há falsos congressos de missões nas igrejas”

maxresdefault

A missionária Kelem Gaspar dirige o Projeto Campos Brancos, a Escola de Missões Pakau Oro Mon, a Creche Escola Missionária Peniel, além de trabalhar com evangelização nas Ilhas do município de Maracanã, no Pará, onde mora. Além disso, ela está envolvida em uma frente missionária no Peru. Se o nome dela não é muito conhecido

Demitido por dar exemplar da Bíblia a aluno, professor vence causa na Justiça e recupera emprego

professor-walter-tutka-biblia-justica

A vitória na Justiça de um professor cristão que foi demitido após dar um exemplar da Bíblia Sagrada a um de seus alunos se tornou notícia internacionalmente e vem inspirando cristãos em todos os lugares a se manterem firmes na defesa da liberdade religiosa. Walter Tutka sentiu-se motivado a doar uma Bíblia a um aluno

Justiça dá ganho de causa a fiel vítima de fofoca em igreja evangélica e determina indenização

fofoca

Fofoca é definida pelo dicionário como o ato de causar intriga, repercutindo fatos ou boatos, de maneira parcial. Agora, a Justiça estabeleceu um precedente, e fofocar na igreja rendeu uma indenização à vítima do falatório. Uma mulher que frequenta uma igreja evangélica em Realengo, zona oeste do Rio de Janeiro, entrou com uma ação na