Pais mantêm fé ao ver filha nascer com deficiência: “Jesus nos escolheu porque temos amor”

0
12

Um casal norte-americano viu as alegrias da maternidade se tornarem uma fase de desafios. Seu bebê nasceu com uma rara doença genética que tornou sua língua do tamanho do órgão de um adulto.

Apesar do diagnóstico, Madison Keinow e seu marido colocaram sua confiança em Deus, crendo que sua filha, Paisley, superaria sua desordem genética — e assim aconteceu, graças a Deus e aos médicos.

Paisley foi diagnosticada com a Síndrome de Beckwith-Wiedemann, uma doença que altera o padrão de crescimento de determinados órgãos do corpo humano. A patologia foi descoberta através da ultra-som, quando os médicos notaram que o bebê estava com a língua fora da boca.

Com 26 semanas de gravidez, o médico confirmou que sua filha carregava a doença genética. Além disso, a criança também tinha algumas complicações nos órgãos abdominais, rins e até mesmo desequilíbrio em seu nível de açúcar no sangue.

Apesar de todos esses problemas de saúde, Madison nunca perdeu sua fé. Ela entregou sua vida e a de sua filha completamente nas mãos de Deus.

“Jesus Cristo nunca pensou que Paisley seria perfeito apenas se estivesse sem Beckwith-Wiedemann”, disse ela ao site Fox Detroit. “Eu pergunto ‘por que nós?’, mas agora eu sei porquê. Porque nós somos fortes, e porque temos amor.”

Suas orações foram respondidas quando, recentemente, os médicos David e Patrick Munson, de Dakota do Sul, se ofereceram para reduzir o tamanho da língua do bebê através de uma cirurgia. Eles também queriam remover outras sequelas da Beckwith-Wiedemann, incluindo uma hérnia umbilical.

Agora, com 1 ano e 5 meses de idade, o bebê pode sorrir. Ela está sendo cuidadosamente observada para que não desenvolva tumores no futuro, especialmente durante a adolescência.

Madison, por sua vez, escolheu estudar medicina e compartilhar suas experiências com outras mães através das redes sociais sobre como lidar com crianças em rara condição genética.

A bebê nasceu com uma doença que altera o padrão de crescimento de determinados órgãos. (Foto: Facebook/Madison Kienow)A bebê nasceu com uma doença que altera o padrão de crescimento de determinados órgãos. (Foto: Facebook/Madison Kienow)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here