Monthly Archives: junho 2016

Produtores do filme “Deus Não Está Morto” são processados por plágio; Entenda a polêmica

deus não

O filme “Deus Não Está Morto” está gerando uma polêmica além da esfera religiosa: dois escritores estão acusando os produtores do longa-metragem de plágio. Kelly Monroe Kullberg, autora do livro “Finding God at Harvard” (“encontrando Deus em Harvard”, em tradução livre), editado em 2007, e o roteirista Michael Landon Jr., responsável por “O Último Espírito”,

Igreja Mundial é condenada a indenizar pastor ex-gay que foi agredido por colega de ministério

igreja-mundial-do-poder-de-deus

A Igreja Mundial do Poder de Deus foi sentenciada a indenizar um pastor ex-gay em R$ 50 mil por danos morais. O sacerdote teria sido agredido física e verbalmente em um templo da denominação, quando era auxiliar, por ter admitido que no passado teve experiências homossexuais. A sentença foi expedida na última segunda-feira, 06 de

Tia Eron estaria sofrendo pressão de bispo da Universal para votar a favor de Eduardo Cunha

TIA-ERON

Tia Eron (PRB-BA) está, definitivamente, sob o escrutínio público por ter nas mãos, o voto que pode impulsionar a cassação do mandato do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afastado do mandato pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Em Brasília, diz-se que o voto da parlamentar será decidido pelo presidente do seu partido, o bispo Marcos Pereira (PRB-SP),

Ator da série Supergirl faz campanha para tirar prima homossexual de acampamento cristão

jeremy-jordan

O ator norte-americano Jeremy Jordan, 31 anos, está ocupando manchetes da mídia internacional por lançar uma campanha pela “libertação” de uma prima dele, que foi enviada pelos pais para um acampamento cristão por se identificar como homossexual. Jordan, que atualmente interpreta o personagem Winn na série Supergirl, pediu que seus fãs o ajudem, através de

Jean Wyllys tenta ligar mortes em boate gay a Marco Feliciano e Jair Bolsonaro

jean-wyllys-e-marco-feliciano

Nas primeiras horas após o atentado que matou 50 pessoas e deixou pelo menos mais 54 feridos, várias informações divulgadas pela grande mídia eram incompletas ou simplesmente tendenciosas. Embora várias declarações de autoridades ligassem o terrorista Omar Saddiqui Mateen com grupos muçulmanos, insistia-se na tese de que era “cedo” para afirmar. Algumas horas depois, o